Documentação de Viagem

Documentação de Viagem

Pessoal, uma dos maiores problemas que eu vejo em relação a viagens são pessoas viajando sem a documentação adequada. Imagina você se programa todo para uma viagem, e chega lá, não embarca? E o prejuízo, podem imaginar? Por isso que bato SEMPRE na mesma tecla: PROCUREM UM AGENTE DE VIAGENS. Não é mais caro, ele te dará todo o suporte e ainda te livra de roubadas como não embarcar por conta de documentos faltando.


Abaixo estão as dicas, mas se você é meu cliente mesmo tenho certeza que já sabe de tudo isso ;)




A. Viagens Domésticas (dentro do território nacional)


A.1. Adultos


A.1.1. Brasileiros: Passaporte, carteiras de identidade expedidas por órgão de segurança pública civil, carteiras de identidade expedidas pelos ministérios (modelo com fotografia), carteira nacional de habilitação (modelo com fotografia), carteiras de identidade emitidas pelos Conselhos Profissionais (modelo com fotografia) ou carteira de trabalho.

Uma vez que assegurem a identificação do passageiro e em se tratando de viagem em território nacional, os documentos de identificação podem ser aceitos independentemente da respectiva validade ou de se tratarem de original ou cópia autenticada (conforme art. 2o, §1o da Resolução 130 de 08 de dezembro de 2009 da ANAC).


A.1.2. Estrangeiros: Registro Nacional de Estrangeiros (RNE) ou Cédula de Identidade de Estrangeiro (CIE) ou passaporte válido com visto (quando necessário, de acordo com a nacionalidade).

O protocolo de pedido da Cédula de Identidade de Estrangeiro – CIE (RNE) expedido pelo DPF pode ser aceito em substituição ao documento original pelo período máximo de 180 (cento e oitenta) dias contados da data de sua expedição. (conforme art. 3o, §1o da Resolução 130 de 08 de dezembro de 2009 da ANAC).


A.2. Menores


Nota: Para efeitos legais, considera-se criança pessoas com até doze anos de idade, incompletos. E adolescente pessoa entre doze anos e dezoito anos de idade, incompletos.