Dicas para Viagens de Cruzeiro

Dicas para Viagens de Cruzeiro


Para os marinheiros de Primeira Viagem


Ainda está no processo de escolha de Cruzeiro? Dê uma olhada em nosso post "Diferença entre armadoras" ou assista nosso vídeo no Youtube clicando aqui



Escolhendo a cabine

Muitas dúvidas rolam de como é a cabine. O ideal é você consultar previamente o seu navio para escolher, antes de efetuar a compra. Generalizando, normalmente as possibilidades de cabine são: Interna, Externa, Externa com Vista Obstruída, Externa com Varanda, Suítes.


Quanto ao número de pessoas, salvo nas Suítes Especiais conjugadas o máximo de pessoas por cabine são 4. Tenha em mente que sempre o terceiro e quarto leito são altos, tipo beliche. Além disso, o banheiro continua um só para o mesmo número de pessoas. Então coloque na ponta do lápis e pense se vale a pena uma cabine quádrupla. Na minha opinião, salvo se forem todos familiares, principalmente casal com dois filhos, vale a pena pois todos precisam realmente ficar juntos. Agora, amigos dividindo um mesmo banheiro, não é o mais confortável do mundo. Apenas uma sugestão.



Cabine Interna

É uma cabine "fechada", no sentido de que não há janela alguma realmente. Muita gente fala: ah, mas não dá nem para perceber. Outros dizem: ah, não importa, quase não vou ficar no quarto. Mas tem um grupo que jamais aceitaria ficar nesse tipo de cabine: os claustrofóbicos ou que simplesmente precisam de uma janelinha.

Eu pessoalmente não me importo por ficar fechada, pois tem ar condicionado com controle onde você jamais ficará "sem ar". Mas tem uma coisa que me incomoda bastante: não poder ver o dia. Em uma cabine interna você não sabe se já é dia, se já é noite, se está sol ou chovendo. Pra quem é meio "fresca" como eu, não vai gostar de ter que subir para os decks abertos para saber qual tipo de roupa vai vestir naquele dia, ou então vai se aborrecer de se arrumar com casaco e calça, e quando chegar no tempo aberto ver que o sol está de rachar, e ter que voltar para trocar de roupa. É um pequeno detalhe, mas é bom saber de tudo para avaliar se esse é o tipo de cabine pra você.




Cabine externa com vista obstruída

O que diferencia essa cabine para a cabine interna é a presença de uma escotilha. Essa escotilha NÃO ABRE, ou seja, não será nessa que você sentirá a brisa do mar. Além disso, uma cabine com vista obstruída obrigatoriamente fica no deck dos botes salva vidas, ou seja, você não terá uma visão ampla do mar. Pode ter sorte e pegar uma vista ampla, mas pode calhar de ter um boite tampando quase toda sua janelinha, e ver tudo laranja.


Cabine Externa

Igual a de cima, com a diferença que não tem os botes, ou seja, a vista é ampla. Mas, lembrando, não será nessa que você sentirá o vento em seu rosto.



Cabine Externa com Varanda

Ah, agora sim a brincadeira está ficando mais interessante. Uma cabine com varanda é bem mais legal (e o valor normalmente acompanha). Ela tem uma micro varanda de cerca de 1x1, mas você pode abrir, sentir o vento em sua cabine, ar puro.... É deliciosa. Dependendo da posição do sol e do tamanho do seu navio rola até pegar um solzinho no conforto de sua própria cabine.



Suíte

De acordo com o navio poderá haver Suíte Junior, Master, Presidencial, e várias outras nomenclaturas. São sempre as mais tops do navio, maiores e também com melhor atendimento, mas lembre-se sempre, quanto mais luxuosa, mais cara será. Ou mais valiosa, que prefiro pensar dessa forma, pois você paga pelo conforto.


​​Banheiros nas Cabines


Salvo nas companhias e cabines mais luxuosas os banheiros costumam ser beem pequenininhos. Se isso é um motivo de estresse para você, talvez seja melhor escolher bem a companhia e a cabine para não ter sua viagem prejudicada.

Documentação

Um dos tópicos mais importantes da sua viagem. Para embarque é necessário documento oficial com foto: RG, CNH, CT para embarque dentro do Brasil e passaporte ou RG de acordo com a norma do país a ser visitado. Atenção para queles cruzeiros que visitam mais de um país, pois alguns países exigem validade mínima de 6 meses de passaporte, vistos e vacinas especiais. Sem a documentação correta o embarque não será permitido, mesmo que tenha sido assalto com registro de ocorrência, por isso, cuide de seus documentos nas vésperas da viagem. Ficou em dúvida? Acesse esse post que só fala disso: Documentação de Viagem ou consulte eu Agente de Viagens.


­ Fazendo as Malas

Talvez a dica mais preciosa de todo esse post seja: arrume em uma bagagem de mão tudo que irá precisar nas primeiras horas. Nessa bagagem coloque uma muda de roupa para o primeiro dia e tudo que for precisar, como itens de higiene pessoal e remédios. Ao chegar ao porto você irá despachar a mala e essa pode levar horas para chegar até seu quarto, normalmente só chegando a noite.


Sempre é bom checar a previsão do tempo para arrumar a sua mala adequadamente. No Brasil, por exemplo, a temporada de cruzeiros acontece entre dezembro e março, então vocês podem levar na mala shorts, regatas, camisetas, vestidos, saias e roupas de banho, comum tanto nas áreas externas quanto nas áreas internas dos navios.

Quanto aos calçados, o ideal são modelos leves, como chinelo, sandálias e tênis. No entanto, é sempre bom levar um sapato para a noite de gala com o comandante.


Trajes de Banho: indicamos que acrescente a sua mala no mínimo três peças completas de trajes de banho (pode demorar a secar, especialmente se tiver em uma cabine interna). Não se esqueça de chinelos, óculos escuros, chapéus ou viseiras, saídas de praia, bolsa e protetor solar. Mesmo que faça frio, alguns navios dispõe de piscinas internas e ofurôs, logo, você irá precisar.


Trajes de Gala: Dependendo da duração de seu Cruzeiro haverá uma ou mais noites de gala (a conta é: para cruzeiros de até 7 noites será uma noite, entre 8 e 14 noites, duas, e no caso de mais noites, haverá três Noites de Gala. Isso virá explicado em seu voucher, mas para que se antecipe, o normal é que homens usem terno e mulheres vestidos longo e salto alto. De acordo com o local onde o cruzeiro será realizado você pode relaxar mais quanto ao traje de Gala. Geralmente na Temporada Brasileira e Caribenha, no dia de gala as pessoas se preocupam menos, podendo os homens usar blazer ou até mesmo apenas a blusa social, e as mulheres vestido médio. Mas, claro, você sempre vai ver alguém que não está seguindo o dress code. Nos mini cruzeiros então dificilmente você verá alguém a caráter! ENTRETANTO se seu Navio é de embarque na Europa ou Ásia, se prepare para ver um show de smokings, vestidos glamourosos, penteados, jóias.... No navio que fiz pela Europa cheguei a ver um aprendiz de Pinguim trajando fraque, cartola e bengala, além de muitas mulheres parecendo que haviam acabado de ser madrinhas de casamento ou as próprias noivas. rs Caso não se importe em parecer um patinho feio no meio dos cisnes, eles não coibem a entrada de pessoas que não estejam com trajes de gala, mas usando bermuda, chinelo e camiseta você precisará jantar em outro restaurante.


Trajes de Jantar: Como explicarei melhor abaixo, o navio há dois restaurantes distintos, o a la carte e o buffet. Se você não quer se preocupar com roupa poderá jantar no restaurante buffet todos os dias. Mas se você acha legal, como eu, se vestir bem para uma ocasião especial, irá preferir o restaurante a la carte, onde o clima de sofisticação e requinte requer trajes mais refinados. Também não é necessário nada extravagante, eu mesma optei por vestidos todos os dias, salto médio e make básica. Independente de onde será o seu navio você sempre verá pessoas ou super arrumadas com arrumadas de menos, mas tenha em mente que para esse restaurante você não poderá usar bermuda / camiseta / chinelos.

Festa do Branco: Todo navio de cruzeiros tem em sua programação uma "Festa do Branco", embora eles nunca anunciem. Se você também é desses que quer aproveitar tudo até a última gota, se prepare. A festa do branco costuma ser bem informal, a beira da piscina com musiquinha, as vezes uma animação da equipe do navio, e adivinhem? A maioria se veste de branco. rs

Em minha última viagem de Cruzeiro, que foi na Europa, como estava frio e a festa geralmente é no deck do navio (suuuper venta) eu fui com um vestidinho de mangas e preparei um lenço para se estivesse muito frio. Nesse dia a festa foi fraquinha, pois estava muito frio, e voltei logo para dentro do navio. Mas em uma viagem que fiz para Bahamas - e esqueci do bendito traje branco - eu usei um vestido roxo mesmo (rs) e o lenço nas costas, pois o frio independente da proximidade dos trópicos é de matar. rs


E sempre bom ter em mente que ninguém vai barrar vocês na porta do restaurante ou em uma festa se você não estiver dentro do Dress Code (a não ser que esteja em trajes de banho, descalço ou quase naked rs) mas aproveite a oportunidade e entre no clima para poder desfrutar desse momento "Mulheres Ricas" rs



O que não levar

Não é permitido o embarque com bebidas ou comida (exceto industrializada e lacrada). É terminantemente proibido o embarque de bebidas alcoólicas, inclusive as garrafas adquiridas nos portos são apreendidas e devolvidas - ou não - no final do navio.


ATENÇÃO MULHERADA - ferro de passar, secador / chapinha para cabelos SÃO PROIBIDOS e podem ser apreendidos pela ANVISA ou Polícia Federal no momento do embarque, sem que seja garantido a devolução do item confiscado. É triste sim pois ou você irá desembolsar uma grana no cabeleireiro do navio, ou terá que dar um jeito com o fraco secador de cabelos da cabine. MAS E SE EU TEIMAR E LEVAR? Já tive clientes que arriscaram e passaram, MAS, depois não digam que não avisei, ok?


Peso das malas

Não há limite de peso, e indicamos que leve um pouco mais que o básico, já que serviços de lavanderia costumam ser bem caros. Mas não exagere: o ideal para uma viagem de até 7 dias é uma mala média com cerca de 20 kg, ideal também caso seja necessário pegar algum vôo para acessar o navio.


Você poderá consultar algumas dicas do que levar nesse post: Marinheiro de Primeira Viagem.


Chegada ao Porto

O embarque normalmente se inicia as 13horas, mas as 10h da manhã já começam a se formar as filas. Podem chegar entre 10h até as 15h30, pois impreterivelmente as 16h não há mais embarque. Consulte seu voucher para maiores informações.


Ao chegar no porto a primeira coisa que você precisa fazer é despachar sua bagagem. Normalmente é um galpão ao lado do local do check in onde se despacham todas as malas de todos os passageiros e todas as companhias. Não se assuste caso esteja bagunçado, procure a sua companhia marítima e solicite etiquetas. Junto com seu voucher você receberá etiquetas também, se preferir pode trazer impressas de casa, MAS, eu prefiro as do porto pois são de material mais robusto que não rasga a toa. Tenha em mente que as malas serão manipuladas por pessoas que estarão cuidando de muitas malas, então não se esqueça do cadeado e da identificação de bagagem adicional. Ainda não tem? Consulte em nossa lojinha esses e outros acessórios disponíveis.


Depois de despachar as bagagens se encaminhe para o check in. Ele pode estar incrivelmente lotado, o que é super comum nas temporadas brasileiras, por isso, muna-se com paciência e alguns snacks. Acredite, vai valer a pena. Se quiser adiantar faça o check in online no site da companhia, se disponível, também poupa tempo. Fora isso, também irão lhe solicitar que preencha um a ficha com informações de saúde para o órgão de vigilância sanitária local. Leve caneta consigo.


Check in: Caução e Contas no Navio

Num mesmo tópico vocês lerão agora outras das dicas mais preciosas de todo esse post. No momento do check in será solicitado um valor de caução de US$ 300 por cabine. Esse pagamento poderá ser feito em cartão de crédito internacional ou espécie, em dólar americano (mesmo que em águas brasileiras) ou Euros (caso esteja na Europa). Eu já vi casos aqui no Brasil em que não foi solicitado devido a bagunça da companhia na hora do check in. Se foi o seu caso, parabéns (ou não). O caução ajuda no pagamento das despesas e sem ele será um pouco mais chato para fazer o check out. Eu sempre ofereço logo em cartão de crédito que facilita E MUITO o check out, pois é mais ágil na hora do acerto de contas no último dia do navio.

Todas as contas do navio (exceto cassino onde apenas é aceito cash) são pagar com seu superpoderoso cartão recebido no momento do check in.


Esse é o cartão de mil e uma utilidades: chave do quarto, cartão de despesas, informa o seu pacote de bebidas (ou a ausência dele) e sua forma de identificação para entrar e sair do navio. Ele carrega também o número da sua reserva e com esse número na próxima vez que viajar pela companhia você recebe um desconto promocional de "repeater". O turno do seu jantar também vem descrito nele. É super importante andar sempre com ele e guardar com carinho.


Outros detalhes importantes:


O real não é aceito em nenhuma hipótese dentro do navio.


Caso precise comprar dólares, consulte a gente ou clique aqui. Trabalhamos com as melhores operadoras de câmbio para conseguir o menor preço.


Não esqueça de desbloquear o cartão de crédito para compras Internacionais.


Estando dentro do Navio todas as contas serão processadas como realizadas na Itália, Madri ou Miami, de acordo com a nacionalidade do Navio. Informe a sua operadora de cartão de crédito para evitar problemas.


Sugerimos para o pagamento das despesas o cartão de crédito


Para pagamento em espécie sugerimos que seja feito no dia do desembarque o mais cedo possível (exemplo as 7h) para que não causar demora no desembarque, visto que as filas são grandes e apenas há um guichê de atendimento. No cartão de crédito as contas são acertadas automaticamente no cartão onde for efetuada a caução.


Leve em sua mala para sua cabine duas garrafas térmicas, uma para você encher de água, outra de café ou chá, caso goste. Evita de você ter que subir e descer apenas para beber água ou tomar café.


Despesas Adicionais

Lembre­-se que todas as refeições estão incluídas, entretanto, gastos com bebidas enlatadas / engarrafadas e alcoólicas, assim como gastos de lavanderia, cabeleireiro, spa, ligações, internet, cassino, free shop, excursões terrestres, etc, não estão incluídas e terão cobrança adicional na conta da cabine


Gírias

Você se acostuma com o tempo, mas se você é desses que quer chegar craque e não fazer feio, segue alguns termos usados no navio

  • Cabine - O mesmo que quarto

  • Deck - o mesmo que andar. Algumas companhias chamam de "ponte".

  • Escotilha - janela da cabine

  • Proa - parte de frente do navio

  • Popa - parte de trás do navio (macete para ajudar a decorar: chamamos de "popa" o "bumbum", que fica atrás do corpo, então...

  • Tripulação: Funcionários do navio

  • Mareado: enjoado


Me achando dentro do navio

Hoje em dia os navios são grandes, muito grandes. É normal que você se perca dentro deles algumas vezes... Em alguns momentos é um charme, e até meio divertido. Saiba que existem vários mapinhas principalmente próximo aos elevadores que podem lhe ajudar a se encontrar. Mas se você é psicótico por controle, sugiro analisar o mapa do seu navio, onde tem exatamente a localização da sua cabine e tudo que o navio oferece. Caso não sabia como baixar o seu, solicite aqui.




O que fazer dentro no navio?

Certa vez eu ouvi de um colega agente de viagens uma frase que define completamente o que é um cruzeiro: "É um grande resort flutuante" (valeu Bruno Mendes, sou sua fã rs). E o que tem em um resort? MUITA COISA! Vou explicitar algumas das atividades que com certeza terão em seu navio, mas consulte sempre seu agente de viagens para saber o que mais seu navio poderá lhe oferecer. Ademais, você receberá em sua cabine todos os dias o "Diário de Bordo" com todas as atividades e todas as informações que você vai precisar naquele dia, desde a programação aos telefones de cada departamento, caso precise.


Excursões Terrestres: Todo navio tem paradas nos portos programados quase que diariamente. Consulte seu voucher para saber os locais e horários de descida.

Vou redividir esse tópico em três para que compreendam as opções de descida:

  • Você pode optar por descer por conta própria e explorar o local, sem pagar absolutamente nada por isso. Cuidado com os horários de retorno, o navio fecha o reembarque com 1h30min de antecedência do horário marcado no voucher. Eu mesma quase perdi uma vez, e foi totalmente apavorante! Você literalmente vai ficar a ver navios se isso acontecer.

  • Excursão do navio: você pode contratar antes mesmo de embarcar, ou no local, mas sugerimos a reserva prévia pois normalmente são poucas vagas. Se essa for sua escolha, preste atenção: geralmente é 3x mais caro do que excursões de outras empresas, mas se você prefere a segurança, ou está em um local Internacional e não manja de línguas, pode ser uma boa opção. Converse com seu agente de viagens sobre isso. Nós NÃO somos comissionados por passeios, mas estaremos sempre de boas para explicar todas as opções, pois o objetivo é que tenha a melhor viagem SEMPRE.

  • Ficar no navio: Se não lhe interessar o destino da parada você pode optar por ficar dentro do navio. Ele não para de funcionar nesse período, e você poderá aproveitar tudo e com mais calma, pois a maioria das pessoas desce. Dependendo do destino, da parada vale a pena sair e voltar para pegar o almoço.

Teatro: Diariamente rolam espetáculos diferentes no teatro do navio, a noite, antes ou após o seu jantar. São realizados duas vezes por dia o mesmo espetáculo, para que independente do seu turno de jantar você possa participar. Não é obrigatório tampouco pago. Normalmente as pessoas também vão bem vestidas, até por que elas vão preparadas para o jantar, que também é um acontecimento.


Recreação / Animação: Cada navio / armadora tem sua característica (mais ou menos animado) mas normalmente há atividades na piscina, gincanas, concursos, bingo, etc. Toda a programação só é sabida a bordo no dia da realização dela, através do Diário de Bordo.


Kids Club Todo navio dispõe de clubinho infantil para as crianças a partir de 4 anos. Eles são separados normalmente em 3 faixas etárias, e quando estão com a equipe é super seguro deixá-los a vontade. Você só precisa deixá-los e buscá-los, e claro, fazer um cadastro com informações básicas caso seja necessário ir pegá-los. Eles vão amar. Eu mesma fiz um cruzeiro em Bahamas com minha filha, na época com 6 anos. Mesmo com a barreira da língua ela não queria ficar comigo, só queria o clubinho! Lá ela participou de várias atividades, mas a que ela mais amou foi a festa Pirata onde eles deram tapa olhos e lenço de pirata. Até hoje ela comenta da melhor viagem que ela já fez - olha que ela viaja bastante comigo, já foi até a Disney de Orlando mas mesmos assim elegeu o Clubinho como o mais divertido. hahahahaha


Free Shopping: Siiiim você vai poder aproveitar para comprar bebidas / perfumes / maquiagem / marcas famosas a preços especiais. Não é a mesma coisa que viajar para os EUA, por exemplo, mas a procedência é 100% garantida, o que já vale a pena. Lá também são vendidos souvenirs do navio, itens de necessidade pessoal (uma pequena farmacinha, mas caríssima, diga-se de passagem), roupas, badulaques.... Não funciona o tempo todo (apenas em navegação) mas já é algo interessante para se conhecer. A super dica é: principalmente nos últimos dias do navio rolam muitas promoções especiais. Minha melhor compra da última viagem foi comprada no shopping do navio: umas garrafinhas de vidro Virgem Maria para armazenar água benta, por 2 euros. Foi um dia antes do passeio, e no local as garrafinhas custam 5 euros. Deu pra comprar para a família toda. (só não contem pra eles que foi tão barato, ok? haha)



Cassino: Assim como o free shopping só funciona em navegação. Não é uma parte que eu conheça muito, pois não entendo nada de jogos, mas adianto que é uma das partes mais animadas do navio, principalmente em navios onde a faixa etária é mais alta. Eles dispões de várias máquinas de azar supercoloridas, bem no estilo Las Vegas, e muitas mesas com roleta, carteado.... Se seu objetivo é jogar pelo menos uma vez, lembre de levar dinheiro em espécie, pois o Cassino é o único lugar no navio onde não é aceito o cartão de despesas, apenas cash.


Academia: Definitivamente não está nem perto dos meus lugares preferidos, mas se você planeja queimar o bacon adquirido durante a viagem (siiiiim come-se muitoooo) é uma excelente opção. Em todos os navios a academia é super bem equipada, e geralmente não fica muito cheia. Pra animar a vista também é fantástica. Só não espere professor ou personal trainner, ok?




Esportes: Os navios normalmente tem estruturas para esportes, nem que seja minigolfe e pista de jogging. No último que fiz (Jewel of the Seas, da Royal Caribbean) também tinha uma quadra pequena de basquete e um chute a gol, além da parede de escalada.



Lounges: Por toda a embarcação você encontrará lounges e pequenos pubs, todos tem pelo menos um piano bar, alguns tem videoquê...


Spa: Vários tratamentos maravilhosos, mas pago a parte.

Dance Club: Boate que funciona diariamente, tem drinks (pagos) e música internacional.



Dependendo do navio você pode ter tanta coisa pra fazer que as vezes em uma semana não consegue fazer tudo. Existem navios com verdadeiros parques aquáticos, tirolesa, parede de escalada, rink de patinação, piscina de ondas, cinema 3 e 4 D, boliche, simulador de vôo, bungee jump e até bar biônico!! Veja algumas fotos e inspire-se! Se o seu não tiver nada disso, na próxima consulte a Inesquecíveis Viagens que lhe indicaremos a melhor opção, ok?





Como funcionam os Restaurantes?


Incluído nos pacotes normais são dois restaurantes - Self Service e a la Carte. Adicionalmente as companhias oferecem experiências VIPS com restaurantes de especialidades pagos a parte.

Falando do trivial, funciona da seguinte forma:

  • Self Service - Funciona durante todo o dia, iniciando no café da manhã, e é servido de várias estações de buffet onde você escolhe o seu prato. Normalmente tem estações de saladas, massas, carnes, frutas, sobremesas e bebidas. As bebidas são "refresqueiras" com água gelada, refrescos, café, chá e gelo. Lembre-se: refrigerantes, bebidas alcoólicas, garrafas ou latinhas são sempre cobradas a parte caso você não tenha adquirido pacote de bebidas. Dependendo da refeição (café da manhã, almoço, lanches e jantar eles mudam o que será ofertado em cada bancada. Geralmente nos lanches oferecem pizza, hamburguer, batata frita... Tudo a vontade. Garçons circulam limpando as mesas e alguns oferecendo bebidas, mas caso você não tenha pacote de bebidas será cobrado em sua conta no final. Falando sobre o dress code: não há (só não pode sem camisa e/ou descalço). Já falando sobre reservas de horários: não é necessário.


  • A La Carte - Normalmente funciona no café da manhã, almoço e jantar. É mais requintado, logo é necessário estar trajado adequadamente. Tem garçons servindo seu café, leite e chá, sempre corteses. Claramente é de comum e de bom tom a gorjeta. Diferente do Self Service, é requerido uma reserva (para o jantar). Normalmente seu agente de viagens pré-seleciona: primeiro ou segundo turno, mas você pode alterar a bordo se interessar. Uma dica: procure ficar na mesma mesa do início ao fim, os garçons e atendentes se acostumam com você e você será mais bem tratado.


Terei Acesso a Internet / Telefonia?


Gratuitamente, não. Seu telefone não pegará em alto mar, e caso pegue, apenas nos portos com a internet do seu palno de telefonia. Mas você tem duas opções:


1 - Contratar o pacote de internet do navio. Existem pacotes e a média de US$ 20 diário por aparelho - só funcionam dentro do navio. Acrescentando mais de uma aparelho e mais de um dia o valor pode dimuir (mesmo assim é caro).


2 - Usar seu plano de dados nos portos. ATENÇÃO: Se o seu cruzeiro for internacional ESQUEÇA essa opção. O roaming internacional mesmo que apenas de internet é caríssimo. Leia mais sobre opções de telefonia aqui. Em caso de viagem internacional, o melhor e mais barato plano é o EasySimCard, que você pode consultar e comprar aqui. Eu mesma já usei em minha última viagem de Cruzeiro, pela Europa, e adianto que foi a melhor coisa, pois em alto mar naturalmente não tinha internet, mas eu podia em todos os portos acessar e usar tranquilamente sem preocupação de ficar correndo atrás de chip ou pagando os tubos de conta, como numa viagem anterior que fiz a Argentina e quase tive que vender minhas córneas para pagar a conta. rs


Saúde a bordo

Em primeiro lugar, no momento de efetuar a reserva informe ao seu agente de viagens se você possui algum tipo de alergia, condição médica ou qualquer tipo de doença.

Enjôos - Mal de Mar

Atualmente não é comum o balanço que justifique o enjôo, se você está em um navio mais ou menos novo (construído após 2010) e sua rota é Nordeste, Caribe, EUA ou Europa. O balanço é mais comum nos destinos América do Sul, travessia do Cabo Horn (do Atlântico para o Pacífico), Travessias e em navios de expedição. MAS se você enjoar, pode dar um pulinho na enfermaria que eles oferecem gratuitamente pílulas contra enjôo. Além disso, existem medicações específicas que podem lhe ajudar. Eu tenho problemas gástricos então uso o Vonau, que faz efeito na mesma hora, mas converse com seu médico se isso for uma grande preocupação para você.


Outras dicas para Enjôo:

  • Escolha da cabine: prefira sempre as cabines mais para o "meio" do navio e, acredite se quiser, as mais baixas.

  • Coma maçã verde ou pão.

  • Beba pouco líquidos e evite alimentos pastosos, como mingaus ou alimentos do tipo.

  • Água mineral, água tônica com rodelas de limão ou sumo de limão são recomendáveis

  • Evite ir para o exterior, para o deque, e inclinar-se sobre as varandas.

  • Evite álcool se estiver enjoado ou possui histórico de enjôos;


Picadas/alergias:

·Informe a agência de viagens no momento de efetuar a reserva se você sofre de algum tipo de alergia.

· Leve sempre contigo medicamentos para as alergias

Se estiver viajando para regiões quentes, leve repelente de insetos.

É aconselhável levar um crachá que indique a alergia que possui

No caso de não teres informado a agência sobre sua alergia assim que embarcar, contacte o pessoal do navio na recepção, principalmente em casos de alergias alimentares, pois os restaurantes irão preparar-se para lhe atender

· Se, devido a circunstâncias imprevistas, surgirem picadas ou alergias, vá enfermaria do navio imediatamente, que está equipada com medicamentos para estas situações (cobranças adicionais poderão ser aplicadas).


Vamos falar de algo muito sério: Clínica Médica

Ninguém viaja pensando em se machucar ou em ficar doente. Mas acontece, e muito mais do que vocês esperam. Ao longo dos meus 10 anos de experiência como agente de viagens já vi acontecer "N" vezes, tanto com clientes meus como com amigos agentes de viagem. Pois bem, num navio (mesmo que a viagem seja Nacional) a situação é PIOR ainda. Mesmo uma simples consulta é PAGA, e plano de saúde não é aceito. E é BEM paga, acreditem... Se você tiver algo um pouco mais sério, como um corte que precise levar pontos, ou um mal estar onde foi necessário chamar a enfermeira fora do horário dela de trabalho (das 8 as 17h) se prepare. Se precisar chamar o médico..... Eu vi pessoas pagando fácil 7 mil por problema de alergia alimentar. Então em hipótese alguma NUNCA VIAJE SEM SEGURO. Existem muitas opções e eu lhes indico a Affinity, com quem trabalho há anos. Você pode consultar você mesmo e até mesmo confirmar clicando aqui.


Esse texto está protegido por direitos autorais, não é permitida a sua cópia ou reprodução sem consentimento prévio por escrito


....................................................................................................................................................................................................

Você também pode se interessar por

Manual do Viajante de Primeira Viagem

Os Dez Mais: Aplicativos de Celular para Viagem

Documentação para Viajar

Primeira Viagem Internacional: com o que eu preciso me preocupar?

Voltar para o blog

Voltar para o site

#Documentação #MarinheirosDePrimeiraViagem #Dicas #cruzeiros

Posts Relacionados

Ver tudo
Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now