Golpe e Assalto a Turista Brasileiro Gay na Rússia



Golpe e Assalto a Turista Brasileiro Gay na Rússia

Esse é um relato de um conhecido que foi a Rússia ano passado, mas com a Copa do Mundo achamos interessante divulgarmos a todas os brasileiros para que estejam atentos!


GOLPE: TAXI FALSO E ASSALTO

por Eddy Silva Aconteceu algo terrível comigo em Moscou no ano passado.

Resolvi sair sozinho à noite. Fui a um bar. Como lá é difícil encontrar quem fale inglês, eu usava o reconhecimento de voz do Google Tradutor no celular. Pessoas curiosas queriam ver como a tecnologia funciona e começamos a conversar. Falamos sobre a vida na Rússia, a vida no Brasil, tudo pelo tradutor. Incrível como a conversa fluía! Eu encantado com Moscou, com o tradutor... Turista, com um “celularzão”, inocente, vítima fácil...

Ele: PODEMOS DIVIDIR A CORRIDA. EU TBM VOU PRA AQUELES LADOS... Ficou tarde e eu falei que iria para meu hotel. Um cara super educado e simpático disse que naquele horário seria difícil eu achar um táxi, e se ofereceu pra conseguir um pra mim. Em frente ao bar, ao contrário do que ele disse, havia vários táxis, e um taxista me ofereceu carona. Quando fui entrar nesse táxi, esse cara me puxou pelo braço, pediu pra falar pelo tradutor e disse: NÃO ENTRE EM QUALQUER TÁXI, NÃO É SEGURO, ELES VÃO TE ROUBAR. ENTRE NO QUE EU TE INDICAR QUE VOCÊ ESTARÁ SEGURO.


Finalmente chegou o “meu táxi”, era um carro normal, não tinha a caracterização de um táxi. Desconfiei um pouco... Mas eu e esse cara havíamos conversado bastante no bar, ele havia conquistado minha confiança. Parecia ser educado. Resolvi entrar no carro... e “meu novo amigo” entrou comigo. Achei estranho e disse: EU VOU PRO MEU HOTEL, VOCÊ NÃO PRECISA VIR COMIGO.

Eles começaram a conversar em Russo, e eu sem entender nada. As energias estavam um pouco pesadas, pareciam nervosos... Desconfiado, fui acompanhando no Google Maps o caminho. Estava correto em direção ao meu hotel, então fiquei mais tranquilo. Chegamos na rua do meu hotel, mas o motorista parou quase uma quadra antes. Eu expliquei que a portaria era mais na frente, mas ele parou longe mesmo assim e fez a cobrança: 3 MIL RUBLOS (177 reais). Mas táxis em Moscou são muito baratos! Eu já havia andado durante o dia, e também ido ao bar de táxi e havia pagado cerca de 300 rublos (17 reais) pela mesma distância e também depois da meia noite.


Pensei que foi um erro do tradutor e tentei confirmar: TRÊS MIL OU TREZENTOS? Escreveram: 3000!!! Explicaram que era por causa do horário e também porque era um táxi VIP. Falei que pagaria metade, porque eu e o cara já havíamos concordado em dividir a corrida. Eles aceitaram.


Puxei minha carteira, e contei: 1500 rublos (bem difícil, são muitas notas!!!)... Tentei esconder, mas eles viram minha carteira cheia de rublos. Paguei... Tudo bem, todos felizes.


Saí do táxi e caminhei em direção ao hotel. Esse cara veio atrás, queria se despedir. E eu querendo me livrar apenas dei tchau e continuei caminhando em direção ao hotel. Quando virei as costas, ele meteu a mão na minha bolsa e puxou tudo o que conseguiu: carteira, passaporte, celular. Minhas coisas voaram no chão, e ele saiu correndo com minha carteira em direção ao carro. Corri pra alcançar e ele se jogou no banco de trás e tentou fechar a porta!

Eu consegui meter a mão impedindo que aporta fechasse... Na hora não sei o que acontece, é tanta adrenalina que tiramos força de onde não temos!